Seja bem-vindo
São Paulo, 17/07/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    Furacão Beryl: “temporada de furacões” começa com alta intensidade

    Atualmente na categoria 5, ele deve chegar às Ilhas Cayman ainda nesta semana, após provocar destruições em outras localidades


    Furacão Beryl: “temporada de furacões” começa com alta intensidade

    Historicamente, entre 1 de junho e 30 de novembro ocorre a chamada “temporada de furacões” no Oceano Atlântico. No início do ano, a NOAA (“National Oceanic and Atmospheric Administration”) já havia previsto uma intensa atividade na região. E, agora, chegou o furacão Beryl, que bateu o nível de categoria 5 (escala Saffir-Simpson) no dia 2 de julho.


    O que está acontecendo:

    O Beryl chama atenção por sua intensidade, o que faz as autoridades preverem uma temporada mais forte para este ano. Ele já passou por Granada, São Vicente e Granadinas, Venezuela e pelo sul da República Dominicana. Caminha para a Jamaica e deve chegar às Ilhas Cayman ainda nesta semana. A intensidade do Beryl pode estar ligada ao maior aquecimento do Oceano Atlântico. Granada teve, praticamente, todos os imóveis destruídos, afetando cerca de 6 mil pessoas. O estrago também foi grande em São Vicente e Granadinas. A Jamaica já fechou o Aeroporto Internacional Norman Manley e, igualmente, aguarda um forte impacto. Até a publicação desta postagem, foram registradas 7 mortes ao todo. 

    O que você precisa saber:

    Fenômenos naturais são assustadores porque fogem do controle da humanidade. E, inevitavelmente, quem conhece o livro bíblico de Apocalipse sabe que a Bíblia aponta para um fim devastador para o mundo que conhecemos.

    É triste tomarmos conhecimento sobre tragédias. Mas o fim deste mundo, marcado por inúmeras destruições, é uma consequência direta da rebeldia da humanidade contra Deus. Ele quis alertar as pessoas por meio de Sua Palavra, mas elas a negaram.

    Contudo, o fim, propriamente dito, ainda não chegou. Ele começará com a abertura do primeiro selo, que representa o surgimento do anticristo neste mundo. E culminará no que a Bíblia chama de “7 taças”, uma sequência de fenômenos que destruirão a Terra.

    No livro “A Terra vai pegar fogo“, o Bispo Renato Cardoso explica: “Finalmente, a justiça Divina começará a se manifestar e toda a humanidade será afetada, exceto os que foram selados. Como nas pragas do Egito, quando o juízo veio sobre o faraó e os egípcios, mas o povo hebreu foi poupado, os juízos virão sobre a Terra e afetarão os que não foram selados por Deus”.





    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login