Seja bem-vindo
São Paulo, 17/07/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    Desenho nem sempre é coisa de criança

    Divertida Mente 2 nos faz refletir sobre algo ainda mais profundo: que somente o Espírito Santo pode curar as dores da alma e nos dar forças para vencer os desafios


    Desenho nem sempre é coisa de criança (Imagem: Reprodução)

    Para quem pensava que desenho era coisa só de criança, a animação Divertida Mente 2 veio para provar o contrário. Lançado recentemente nos cinemas brasileiros, o filme já está dando o que falar após se tornar a maior bilheteria mundial de 2024.

    Sequência do Divertida Mente de 2015, vencedor do Oscar de melhor animação, o novo longa da Pixar continua a saga de Riley, agora na adolescência. O filme transforma emoções complexas em personagens que controlam a mente da protagonista.

    Nesta continuação, Riley enfrenta novos desafios emocionais enquanto suas emoções básicas dão lugar a sentimentos como ansiedade, tédio, inveja e vergonha. Mais do que um simples entretenimento infantil, o filme oferece uma visão inteligente e sensível sobre as emoções humanas, convidando espectadores de todas as idades a refletirem sobre como lidam com seus sentimentos.

    No entanto, além de nos mostrar a intricada teia de sentimentos que compõem nossa mente, Divertida Mente 2 nos faz refletir sobre algo ainda mais profundo: que somente o Espírito Santo pode curar as dores da alma e nos dar forças para vencer os desafios, mesmo em meio às maiores dificuldades. É Ele quem nos guia e fortalece, tornando possível encontrar paz e equilíbrio interior, independentemente das circunstâncias.

    Assim como os personagens do filme aprendem a lidar com suas emoções e a crescer com elas, podemos também aprender a confiar no poder transformador de Deus em nossas vidas, permitindo que Ele nos conduza em cada passo do caminho.




    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login