Seja bem-vindo
São Paulo, 17/07/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    Na nova superprodução da RECORD, ator que vive o Xerxes contou detalhes da preparação com Camila Rodrigues (Améstris) e Nathalia Florentino (Ester)

    Fonte: R7 / Rainha da Pérsia
    Na nova superprodução da RECORD, ator que vive o Xerxes contou detalhes da preparação com Camila Rodrigues (Améstris) e Nathalia Florentino (Ester) ENTREVISTAS|Bianca Godoi e Gabriel Alberto, do site oficial

    Quem está acompanhando a nova superprodução da RECORD, A Rainha da Pérsia, já percebeu que Carlo Porto (Xerxes) vai vivenciar uma história recheada de emoção, aventura e amor. Em entrevista ao site oficial, o ator destacou a importância da preparação com Camila Rodrigues (Amestreis) e Nathalia Florentino (Ester), e explicou um pouco da personalidade do homem que ficou conhecido como rei dos reis. 

    “Xerxes tem um bom coração e vai mostrar isso logo no começo [da trama], em uma conversa com a figura paterna dele, o Harbona (Giuseppe Oristânio). Ele sente vontade de fugir e viver uma vida comum, está estafado de ser rei, até que conhece a Ester, que vai iluminar esse caminho para ele”, revelou Carlo. 

    Nos primeiros episódios da superprodução, o público conheceu um Xerxes envolvido com as questões do reino e a relação conflituosa com a esposa, Amestreis (Camila Rodrigues). “No começo, ele está ‘pesado’, tem uma relação com Amestreis, onde é louco por ela, enquanto a rainha o oprime e o maltrata muito”, contou o ator.

    Carlo avisou que a trajetória de Xerxes promete emocionar o público, principalmente quando encontrar Ester: “Ele entra em um momento bonito, mais lúcido. Uma das coisas que mais me interessaram nesse personagem, logo que li, foi esse movimento dele se questionar e tentar se entender”. 

    A relação de Xerxes com Amestreis e, posteriormente, com Ester, promete ditar os primeiros episódios de A Rainha da Pérsia. Para passar o máximo de verdade em cena, Carlo teve rodadas de estudo com Camila Rodrigues e Nathalia Florentino: 

    “São relações bem diferentes [dos personagens]. Já queria trabalhar com a Camila há um tempo. E com a Nathalia, nos preparamos muito aqui, a conheci nesse projeto e tivemos um período de muito aprofundamento, estudo do texto com a Nara Marques [preparadora de elenco], que nos acompanhou e foi uma fonte de luz preciosa”. 

    Carlo aproveitou para elogiar as duas atrizes: "A Nathalia gosta de estudar, é muito interessada e é o primeiro grande projeto dela. Ela tem muita força e garra, vontade de acertar. São duas atrizes com quem tenho o prazer de trabalhar”

    Para o ator, as gravações no Marrocos contribuíram no seu desempenho como Xerxes na série: “Realmente, nos trouxe uma atmosfera diferenciada captando aquelas imagens, tem lugares belíssimos. As pessoas vão se deliciar com tudo o que foi feito lá. Foi muito legal e positivo para a gente”. 

    Carlo acredita que a maneira como a história de Ester será contada em A Rainha da Pérsia e as novas ferramentas disponíveis prometem abrilhantar a grandiosidade do projeto. 

    “Existem recursos novos, tecnologia e atores muito talentosos. Vamos levar ao público um produto muito requintado. A história é muito objetiva, contada de forma dinâmica. Recomendo que as pessoas não percam nenhum episódio, porque vai fazer falta”, concluiu.




    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login