Seja bem-vindo
São Paulo, 19/05/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    Compra agora, paga depois

    Americanos descobriram o parcela em 12x e estão se endividando

    Fonte: the news
    Compra agora, paga depois (Imagem: Celcoin | Reprodução)

    Se o brasileiro já está bastante acostumado a comprar parcelado sem juros, isso é algo bem raro no resto do mundo ou pelo menos era. Com um cenário de inflação recorde no pós-pandemia, os EUA descobriram de vez o pagamento parcelado. Entre 2019 e 2021, o uso do serviço aumentou 1.000%.

    Atualmente, estima-se que 46% dos americanos costumam parcelar as compras, movimentando US$ 334 bilhões por ano. Entre a Gen Z, 65% dos jovens entre 18 a 26 anos estão parcelando como se a fatura não fosse chegar.

    Acontece que as empresas que oferecem esse serviço de buy now pay later não compartilham informações das compras com as agências de crédito — maquiando o valor das transações. “Fica entre a gente.”

    Isso porque, ao compartilhar dados dos clientes com os reguladores, o excesso das parcelas pode bloquear novas compras de usuários que recorrem ao serviço.

    Na prática, o governo e os principais bancos dos EUA não sabem ao certo o quanto as pessoas estão comprando agora e pagando depois. É basicamente uma dívida fantasma.

    Com essa incógnita nas dívidas, não é possível medir a temperatura certa da atividade econômica do país, o que atrapalha as decisões do governo e deixa alguns endividados “escondidos”.

    Nos próximos 5 anos, o valor movimentado pelas compras parceladas deve crescer 105% nos EUA, chegando à casa dos US$ 700 bi.




    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login