Seja bem-vindo
São Paulo, 18/07/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    “De volta para onde tudo começou”, diz Simone Biles

    Em 2021, a atleta dos Estados Unidos interrompeu sua carreira durante os Jogos Olímpicos de Tóquio, porém voltou a competir em 2023


    “De volta para onde tudo começou”, diz Simone Biles Toshifumu Kitamura/AFP

    Na terça-feira (19), Simone Biles assumiu a liderança no Evento de Seleção do Campeonato Mundial Feminino dos EUA, dando mais um passo importante em sua volta à ginástica competitiva. Aos 26 anos, Biles encerrou a competição com uma pontuação total de 55.700, superando os 55.300 pontos de Shilese Jones, segunda colocada no evento realizado em Katy, Texas.

    A conquista assegura a participação de Biles na equipe dos Estados Unidos para o Campeonato Mundial de Ginástica Artística, que terá início em 30 de setembro na cidade de Antuérpia, na Bélgica.

    Biles agora se torna a única mulher dos Estados Unidos a se qualificar para seis campeonatos mundiais. Em uma publicação no Instagram, Biles expressou sobre a sua classificação, escrevendo: "De volta para onde tudo começou. Até breve, Bélgica”.

    No seu primeiro torneio internacional em Antuérpia,s em 2013, Biles saiu vitoriosa conquistando o ouro nas provas gerais e de solo, além de receber a prata no salto e o bronze na trave.

    Ela foi amplamente elogiada e recebeu uma quantidade significativa de medalhas em campeonatos mundiais - exatamente 25, sendo 19 de ouro, 3 de prata e 3 de bronze. Biles já é a ginasta dos Estados Unidos mais honrada de todos os tempos, com um total de 32 medalhas conquistadas nas Olimpíadas e nos campeonatos mundiais.

    A conquista no torneio seletivo do Campeonato Mundial Feminino dos Estados Unidos marca o prosseguimento de sua volta à ginástica competitiva, após um período de dois anos de intervalo desde as Olimpíadas de Tóquio de 2021, quando ela abdicou de participar de diversos eventos devido ao que é chamado de "twisties" - uma espécie de bloqueio mental que faz com que uma ginasta perca a percepção de suas posições no ar.

    No mês de agosto, Biles triunfou no torneio nacional geral, conquistando seu oitavo título consecutivo, com uma impressionante performance no Campeonato de Ginástica dos Estados Unidos realizado em San Jose, Califórnia.

    Embora tenha assegurado sua vaga na viagem dos Estados Unidos à Bélgica, Chellsie Memmel, a líder técnica de alto rendimento do programa feminino da USA Gymnastics, afirmou que Biles não estava satisfeita com seu desempenho global. “Eu dei um abraço nela e disse, você sabe, ‘Parabéns’ porque, obviamente, ela garantiu seu lugar”, disse Memmel, campeã mundial de 2005, de acordo com o site das Olimpíadas.

    A USA Gymnastics revelará na próxima quarta-feira (27) os nomes dos demais cinco competidores que se unirão a Biles na equipe dos Estados Unidos para o campeonato mundial.


    Dados da CNN Brasil




    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login