Seja bem-vindo
São Paulo, 02/03/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    Pedido de oração pelo Rio Grande do Norte


    Pedido de oração pelo Rio Grande do Norte

     

    NOTA

    PEDIDO DE ORAÇÃO PELO RIO GRANDE DO
    NORTE

     

    A UNIGREJAS, União Nacional das Igrejas e Pastores
    Evangélicos, vem a p
    úblicoatravés de seu
    representante legal, manifestar-se acerca dos ataques
    terroristas em Rio Grande do Norte contra a população.

     

     

    De acordo com informações apuradas pela Grupo
    Record, hoje (16 de março) é o terceiro dia de ataques em que ônibus, caminhões
    estão sendo queimados, dentre outras ações violentas. Devido aos ataques,
    escolas e serviços públicos estão paralisados. Ao menos 31 cidades já foram
    alvo desse ciclo de violência que se estende. Além da guerra declarada ao poder
    público, há a suspeita de tentativa de eliminar o domínio do PCC (Primeiro Comando
    da Capital) na região metropolitana da capital Natal.*

     

    Como bem sabemos, a
    parte da sociedade que mais sofre com a guerra do crime é o cidadão comum, que
    em sua maioria não têm opções de deslocamento para o trabalho além dos
    coletivos públicos, ou, por exemplo, que não possuem a segurança de um
    condomínio fechado, dentre outros fatores que os deixam vulneráveis nesse tipo
    de situação.

     

    A Bíblia nos ensina
    que devemos orar pelo bem da cidade e pelas autoridades para o nosso próprio
    bem. I Timóteo 2.1-2 diz que devemos usar de súplicas “em favor dos reis e de todos os que se acham investidos de
    autoridade, para que vivamos vida tranquila e mansa, com toda piedade e
    respeito
    ”. E o profeta Jeremias assim escreveu: “Procurai a paz da cidade para onde vos desterrei e orai por ela ao
    Senhor; porque na sua paz vós tereis paz
    ”.

     

    Desse modo, a
    UNIGREJAS apela para que os crentes de todas as Igrejas no Brasil coloquem-se
    em oração pelo Estado do Rio Grande do Norte e pela região metropolitana de
    Natal, clamando a Deus para que cessem os ataques do crime contra o poder
    público e contra a população, e que a vida seja normalizada o quanto antes.
    Oremos para que haja sabedoria por parte das autoridades, e que os envolvidos
    sejam devidamente presos e penalizados de acordo com a lei pelos seus crimes.

     

     

    São Paulo, 16 de março de 2023. 

     





































    Bp.
    Eduardo Bravo - Presidente da UNIGREJAS




    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login