Instituições religiosas usam as redes sociais para disseminar o Evangelho

Elas têm sido uma das principais ferramentas utilizadas nos últimos tempos. Saiba mais detalhes

Por Alessandra Benac 04/09/2019 - 11:42 hs
Foto: Pixabay

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) apontou que entre 2016 e 2017 houve um aumento de 10 milhões de internautas, ou seja, aumentou o número de pessoas que passaram a ter acesso à internet e, também, às redes sociais. Em 2017 foram registrados cerca de 126,3 milhões de pessoas conectadas à internet.

As redes sociais, por sua vez, têm sido uma das principais ferramentas utilizadas pelas instituições religiosas e vem gerando um engajamento cada vez maior por parte delas para a propagação do Evangelho.

Segundo dados do “Digital in 2018: The Americas”, 62% da população faz uso das redes sociais, a mais acessada pelos internautas é o Youtube, que registra 60% dos acessos, seguido do Facebook e WhatsApp, com 59% e 56% respectivamente.

Fé além das Fronteiras

A disseminação da Palavra de Deus já acontece há muito tempo por meio de programas de rádio e de televisão, porém, agora, com esse avanço tecnológico, as igrejas têm investido pesado na pregação do Evangelho nas redes sociais. Com isso, a Palavra tem sido levada a muita gente ao redor do mundo.

Hoje, por exemplo, é possível participar de um culto sem sair de casa - e em qualquer parte do mundo -, por meio das programações ao vivo que as igrejas disponibilizam em seus perfis oficiais, o que traz praticidade para que os fiéis consigam se conectar, independentemente do local que estiverem.

Para a autora do livro “Mídias Sociais na Igreja” e colunista do site Expo Cristã, o segredo é produzir conteúdo de qualidade para que a Palavra de Deus chegue às pessoas. “Se nós, como cristãos, disponibilizarmos conteúdos de qualidade e que, realmente, falam do amor que nos alcançou, sem dúvidas, teremos a Internet como uma grande propagadora do Reino de Deus”, escreveu no site.

Ou seja, é mais um meio importante que as igrejas perceberam que poderá levar a Palavra de Deus a toda criatura, exatamente como o Senhor ordenou em Sua Palavra “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.” (Marcos 16. 15).