Frutas e vegetais podem transmitir o coronavírus para as pessoas

Saiba como prevenir doenças infecciosas através de uma boa higienização

Por R7 31/03/2020 - 08:28 hs
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Frutas e vegetais podem ser contaminados por qualquer vírus respiratório, inclusive o novo coronavírus. Mas, para se prevenir das doenças causadas por esses agentes infecciosos basta adotar cuidados básicos de higiene que garantem a segurança alimentar.

É essencial lavar as mãos ao chegar do supermercado, antes e depois de manipular os alimentos, que também devem ser lavados com água e sabão.

"Para lavar frutas com casca deve ser usada uma esponja que remova as coisas que ficam encrustadas", orienta o infectologista Jamal Suleiman, do Instituto de Infectologia Emílio Ribas, em São Paulo.

Leia também: 10 dicas práticas de proteção contra o coronavírus

"As folhas precisam ser lavadas em água corrente geladas e colocadas numa travessa com gotas de hipoclorito", orienta Daniel Magnoni, cardiologista e nutrólogo do HCor (Hospital do Coração).

Ele acrescenta que a contaminação desses e de outros alimentos acontece porque existem situações em que as pessoas tossem e espirram em cima deles, por exemplo, ao fazer compras.

Embora eles possam estar contaminados, não há possibilidade do vírus se reproduzir nessas circunstâncias."O vírus não se replica em alimentos, ele precisa de um receptor na célula humana", ressalta Suleiman.

Magnoni, por sua vez, também alerta para o cuidado com embalagens. "Sacos plásticos devem ser descartados porque o coronavírus pode sobreviver ali", observa.

Ainda não há consenso sobre quanto tempo o novo coronavírus SARS-COV-2 é capaz de permanecer ativo em ambientes externos. No entanto, um estudo publicado na revista científica The New England Journal of Medicine aponta que o vírus sobrevive por 72 horas (três dias) em superfícies de plástico e aço inoxidável.