Família Ferreira

O bispo primaz da Assembleia de Deus, Manoel Ferreira, é o patriarca de uma família engajada na Obra de Deus e que tem levado o Evangelho por todo o mundo. Conheça

Por Revista Renovação 05/03/2020 - 08:33 hs
Foto: Cedidas

Manoel Ferreira nasceu na cidade alagoana de Arapiraca, em 30 de maio de 1932. Filho dos camponeses Pedro Ferreira da Silva e Otília Francisca Ferreira, ele enfrentou muitas dificuldades financeiras durante sua infância e adolescência. Apesar da origem humilde, Manoel se formou em Sociologia, Teologia e Direito. Mesmo diante de sua formação acadêmica, o que ele realmente desejava era servir ao Senhor e ganhar almas.


Sua trajetória da Obra de Deus começou em 1960, quando foi consagrado a evangelista na Assembleia de Deus. Quatro anos depois, foi ordenado pastor, pelo patriarca das Assembleias de Deus no Brasil e fundador do Ministério de Madureira, pastor Paulo Leivas Macalão. Desde então, Manoel Ferreira tem se dedicado a levar o Evangelho a toda criatura e, uma de suas maiores alegrias, foi a oportunidade de salvar sua família.


“Eu tive a oportunidade de batizar meus pais e ganhá-los para Jesus. Eles já estão nos Celeiros Eternos, mas tive tempo de salvá-los.”, conta.


Pouco antes de iniciar seu ministério, Manoel Ferreira casou-se com Irene Ferreira, em 1957. O relacionamento, além de lhe dar suporte na Obra de Deus, deu origem a uma família com cinco filhos: Samuel, Abner, Wagner, Magner e Vasti.



Sua notória dedicação e amor a Obra de Deus serviu de exemplo e inspiração a seus filhos que, hoje, já adultos, seguem os mesmos passos do pai em prol da pregação do Evangelho. Seus filhos Abner e Samuel Ferreira também são bispos da Assembleia de Deus da Madureira.


“Além da convivência em casa, tive a oportunidade de trabalhar diretamente com meu pai por cinco anos, sendo o vice-presidente de Campinas. Aprendi muito com ele sobre unidade, companheirismo, sinceridade, e fidelidade a Deus e aos compromissos que assumimos.”, conta o bispo Abner.


O bispo Abner de Cássio Ferreira é o líder responsável pelo Ministério Madureira de todo o Brasil, enquanto seu irmão, o bispo Samuel é o presidente da Assembleia de Deus no Brás, em São Paulo, capital. Além de todo o conhecimento teológico que possuem, a inspiração e maior fonte de aprendizados sobre a vida e a fé, vieram de dentro de casa e acompanhando cada etapa de sua trajetória em prol do crescimento da igreja.



“Meu pai não é apenas meu motivo de orgulho, ele também é meu líder, meu mentor. Eu e meu irmão o vimos enfrentar muitas dificuldades em sua trajetória de fé, mas, também vimos que sua determinação e dedicação foram horadas por Deus, por isso, temos prazer em seguir os mesmos passos, assim como nossos filhos e netos, um dia, também seguirão.”, recorda o bispo Samuel.


O trabalho realizado pelo bispo Manoel tem sido acompanhado de inúmeros resultados benéficos, tanto no ministério quanto nas instituições sociais. Por isso, em 2008, ele foi indicado pelo Itamaraty ao Prêmio Nobel da Paz. Sempre modesto, ele se limitou a dizer que sua vida “tem sido apenas para construir pontes, de ajudar a unir forças.”.


Em 2017, Manoel Ferreira foi consagrado a bispo primaz mundial das Assembleias de Deus (ou seja, ele ocupa o primeiro lugar entre os bispos), como reconhecimento por seu trabalho na Assembleia de Deus de Madureira. E, de fato, o bispo Manoel e toda a família Ferreira, da atual geração e das futuras, tem revolucionado a propagação do Evangelho, investindo no ganho de almas no Brasil e no mundo.




“Eu não tenho dúvida nenhuma de que tudo o que conquistamos é por causa de Deus, porque se fosse pela minha origem, pela minha história, eu jamais chegaria aqui. Aprendi a não desistir, pois tudo é possível ao que crê... isso ensinei no Altar e em meu lar.”, finaliza o Bispo Manoel, o patriarca da família Ferreira.