Amber Smith descobriu que 'não pode viver sem Deus' após a morte do filho

Casal perdeu filho de 3 anos em um afogamento acidental em casa

Por Redação Unigrejas 03/03/2020 - 08:29 hs
Foto: Instagram amberemilysmith
Amber Smith  descobriu que 'não pode viver sem Deus' após a morte do filho
Instagram amberemilysmith

O cantor Granger Smith é um dos principais nomes da música country dos Estados Unidos. Infelizmente, ele e a sua esposa, Amber Smith, perderam um filho de apenas 3 anos, dentro da própria casa, vítima de afogamento acidental.

Amber Smith, esposa do cantor Granger Smith, começou o ano novo refletindo sobre sua fé e compartilhando como isso ajudou sua família a superar todos os dias após a morte trágica  do filho de 3 anos do casal, River.

O casal utilizou as redes sociais para comunicar o acontecido. “Tenho de dar uma notícia que nunca pensei dar. Perdemos o nosso filho mais novo, River Kelly Smith. Na sequência de um acidente trágico e apesar dos esforços dos médicos, não foi possível trazê-lo à vida”, afirmaram em comunicado.

Eles possuem mais dois filhos, London, de 7, e Lincoln de 5. O choque pela morte do filho mais novo, por outro lado, fez com que o casal percebesse a presença de Deus no momento mais difícil da vida de ambos.

Ela escreveu um longo post no Instagram refletindo sobre o ano passado. 

"2019 - O ano que me deixou de joelhos. O ano em que nosso lindo garoto ruivo completou 3 anos e voltou para casa. O ano em que esse doce garoto salvou outras duas vidas. O ano que partiu meu coração em pedaços, mas também temperou meu espírito."

Apesar da dor pela morte do filho, ela lembrou que ao lado do sofrimento também vieram aprendizados e um despertar para o que realmente é mais importante na vida, que é o relacionamento com Deus.

Amber sustentou que 2019 foi o ano em que ela se tornou mais próxima de Deus.

"O ano em que chorei todos os dias por seis meses seguidos. O ano que Londres perdeu três dentes e fez oito anos. O ano em que ministramos a centenas sobre tristeza e esperança. O ano em que meus olhos foram realmente abertos ao que é importante. O ano em que nunca sentimos mais amor de nossa comunidade. No ano em que descobri que a alegria e a tristeza podem coexistir. O ano em que voltamos ao fogo para ajudar outros pais em luto. O ano que me mudou. O ano da borboleta azul. O ano em que aprendi que não estou no controle. O ano que solidificou que eu não posso viver essa vida sem Deus ”, disse ela. 

A esposa do cantor concluiu sua mensagem com apreço por Deus. "Cada dia, seja bom ou ruim, é outro presente de Deus. Espero viver com gratidão e compaixão pelos outros. Espero continuar entregando minhas batalhas, porque na minha fraqueza Ele é minha força. Espero me perdoar pouco a pouco. Espero continuar trazendo pessoas ao Reino e compartilhando o amor de Deus que senti tão fortemente ".