Seja bem-vindo
São Paulo, 25/05/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    Jesus, o Ponto de Equilíbrio

    Foco

    Jesus, o Ponto de Equilíbrio

    Jesus, o Ponto de Equilíbrio.

    Pedro afundou...

    Saulo caiu cego...

    Eutico desequilibrou e caiu da janela...

    Nesses casos, todos mencionados precisavam de equilíbrio.Para se ter o equilíbrio ou mantê-lo, é necessário estar  "focado" em um alvo.Em uma brincadeira de criança, onde se pedia para alguém fazer o número "4" (com as pernas), era muito comum perceber o desequilíbrio de alguns e algumas quedas... Com o tempo descobri o segredo de me manter equilibrado no "4"...Era só focar na perna fixa ao chão e não na suspensa.O foco no ponto de equilíbrio faz toda a diferença para se manter de pé.

    "Antes que o mundo existisse EU SOU"

    "EU Sou o alfa, o ômega

    O principio e o fim"

    "Eu sou o caminho a verdade e a vida"

    No Evangelho de João Cap. 1 v.1 diz:

    No principio era o verbo e o verbo era Deus e o verbo estava com Deus. 

    Jesus, o nosso ponto de equilíbrio já manifestava sua presença.

    Ainda em João cap. 1 v. 6 "Ninguém vem ao pai a não ser por mim"

    Não há outro caminho, não há "santo" ou "senhora" que ocupe o lugar de equilibrio dEle, Jesus! Na cruz, ele estava entre dois malfeitores, mostrando o equilíbrio entre a murmuração de um e a contrição do outro...Ele representa a sensatez;

    Equilíbrio=Sensatez

    - Quando morre seu amigo Lázaro Ele acalma seus discípulos...

    - No barco Ele acalma a tempestade...

    - Para Pedro, Ele foi o equilíbrio sobre as águas.

    - Ele também foi o equilibrio entre os acusadores da prostituta e ela!

    Ele é o fiel da balança. (Prov. 16.11)

    "A origem da expressão "fiel da balança" leva-nos ao tempo em que as balanças indicavam o peso por comparação. Em um dos pratos colocava-se o peso desejado e no outro colocava-se o produto a ser comprado. O ponteiro no meio da balança (chamado de fiel) mostrava se havia ou não equilíbrio entre os pratos e, com base nele, decidia-se o preço".

    "A expressão "fiel da balança", porém, continua sendo usada até hoje; Por indicar o equilíbrio entre dois lados, se refere a um mediador confiável, ou pessoas com o poder de influenciar de forma decisiva o resultado de uma disputa".

    Próximo a morte de Cristo, o discípulo "protetor" perde o equilíbrio e corta a orelha de Malcom, Jesus porém o admoesta e coloca a orelha no lugar, mostrando total equilíbrio no momento difícil. Na história humana os extremos são permitidos pelo Criador, para que no final seja reconhecido o ponto de equilíbrio, Jesus.

    A tempestade no barco, Pedro sobre as águas, a morte de  Lázaro, a prostituta ... Nesses e outros eventos Jesus aparece como "ponto de equilíbrio".

    Vivemos um momento de real necessidade da presença desse "Fiel"...

    - Ele precisa estar no centro da igreja  trazendo o equilíbrio.

    - Jesus, o nosso intercessor. 

    - O mediador entre Deus e o homem. 

    - Ele era Rei mas nasceu numa estrebaria.

    Ele é a tempestade, mas também a bonança, o vento forte, mas também a briza, a porta aberta, mas também a porta fechada.

    Do que adianta o homem ganhar o mundo inteiro se perder a sua alma? 

    Assim questionou o Senhor.

    Ganhe o mundo... Mostrando o ponto de equilíbrio a eles. 

    Jesus, o fiel da balança!

    O ponto de equilíbrio.


    Paz!


    Pr. Edson da Luz

    Bola de Neve Uruguaiana-RS





    COMENTÁRIOS

    LEIA TAMBÉM

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login