Deus nos tornou filhos

Precisamos nos enxergar como Deus nos vê

Por Pastor Eliézer Possati 04/01/2022 - 14:00 hs

Deus nos tornou filhos, não mais servos  


De fato, somos servos de Deus. Legalmente falando isso é verdade, mas.... 

É verdade porque éramos servos (escravos) do diabo, do mundo, do pecado, enfim, estávamos escravizados e servindo ao diabo, conscientemente ou não, aqueles que não são filhos de Deus ainda estão nessa condição. 


Mas, quando Jesus paga nossa dívida, a bíblia diz que o escrito de dívida foi cancelado (pago) e cravado na cruz, conforme Colossenses 2:13 ao 15. 

Dessa forma, se Deus através de Jesus pagou a nossa dívida, automaticamente não devemos mais nada para o diabo, mas para Cristo.  

Então legalmente falando, deixo de ser servo do mundo para ser agora de Deus.  


Porém, Deus, que tem direito sobre nós, diz que agora, como detentor Ele nos faz filhos ...  


Ele diz, não quero servos, quero filhos, farei de vocês meus filhos, meus herdeiros, Jesus passará agora a ser o primogênito e não mais o unigênito. 

Dessa forma, passamos então a novamente sermos filhos de Deus.  

Deus, exercendo seu direito sobre nós, nos deu a opção de escolhermos querer servi-Lo ou não, e se decidimos servi-Lo, na ótica de Deus deixamos de ser servos para ser filhos. 


Porém, nós precisamos nos enxergar como Deus nos vê.  


Agora, me vendo como filho, posso desfrutar da liberdade que Ele me deu, e escolho servi-Lo, logo, preciso me comportar da maneira que Ele me estabeleceu, que é filho, e os filhos cuidam dos negócios do Pai.  


O servo não tem direito a herança do Pai, o filho tem, o servo não se assenta a mesa com o Pai, o filho sim, o servo não tem intimidade com o pai, o filho sim.  


Na antiga aliança, em Êxodo 21, diz que se um hebreu escravizasse  outro hebreu, o período de escravidão deveria durar no máximo 6 anos, no 7 ano ele ficaria livre, porém, se esse hebreu que havia sido escravizado, quisesse permanecer sob a tutela desse seu Senhor mesmo após o período de 6 anos, ele poderia, no entanto teria de se apresentar durante testemunhas, então ele era levado até a porta e sua orelha seria furada com uma sovela, esse servo ficaria conhecido como o "servo da orelha furada" ou "escravo do amor", demonstrando assim seu amor por aquele a quem ele servia. 

Ou seja, esse servo escolheria permanecer sob a tutela e os cuidados desse seu Senhor. 


Exatamente isso que ocorreu conosco, nós escolhemos servir ao Senhor, e por nos colocarmos nessa condição de servo, Ele então nos exalta e nos coloca na condição de filhos. 


É errado dizer que sou servo de Deus?  Claro que não  


Mas precisamos valorizar o que Cristo fez por nós. 


Por isso Paulo afirma em Gálatas 4:5 ao 7 que de fato não somos mais servos do pecado, mas agora filhos de Deus. 

Servimos a Deus por amor, por escolha nossa, e por essa escolha Ele nos torna filhos. 


Contudo, aos que o receberam e creram em seu nome, deu-lhes o direito de se tornarem filhos de Deus, os quais não nasceram por descendência natural, nem pela vontade da carne nem pela vontade de algum homem, mas nasceram de Deus. 


Em Romanos 8:16 o próprio Espírito testifica ao nosso espírito que somos filhos de Deus. 


Mas o principal... 

"Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos (maduros) de Deus. Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temerem, mas receberam o Espírito que os torna filhos por adoção, por meio do qual clamamos: "Aba, Pai". 

Romanos 8:14-15 


De fato, também somos servos de Deus, mas Deus nos tornou seus filhos, herdeiros de Deus e coerdeiros com Jesus, conforme Romanos 8:17. 


Não desvalorize aquilo que Cristo conquistou  


Você pode até se considerar servo, mas Deus te colocou na condição de FILHO.