À toa não foi

O que Jesus quis nos ensinar com os lírios do campo

Por Núbia Siqueira 14/05/2020 - 20:45 hs
À toa não foi
Getty Images


  À toa não foi


Quando o Senhor Jesus nos mandou olhar para os lírios do campo, o que você acha que Ele queria nos ensinar? Eu creio que esse exercício esteja relacionado ao fato de termos a forte tendência de nos preocuparmos com tantas coisas, como o que vamos vestir, o que comer, onde vamos morar, onde vamos trabalhar, etc. Então, o Senhor Jesus usou uma didática simples para acabar com a preocupação, que traz para a nossa vida ansiedade. Ao usar o exemplo do lírio, o nosso SENHOR mostrou que, enquanto estamos inquietos com coisas terrenas, Ele é capaz de vestir uma simples flor com a roupa mais linda do mundo. Uma criação tão sensacional que é incapaz de ser copiada por qualquer estilista famoso. A ordem de olhar para os lírios, é um apelo a termos confiança que Deus pode e quer prover tudo que precisamos, inclusive, cuidar dos detalhes aparentemente insignificantes da nossa vida. E pasmem, o Senhor Jesus disse que nem mesmo Salomão com toda a riqueza e glória, conseguiu vestir-se tão bem quanto os lírios. Provavelmente, Salomão tinha um vasto e requintado guarda-roupa. Porém, um pequeno lírio com uma única veste, o superava em beleza. Isso mesmo que nós lemos: o grande rei Salomão perdeu feio para uma flor nascida espontaneamente no campo. Diante disso, existe alguma preocupação que tem tirado o seu sono? Tendo esse Deus extraordinário, é legítima a sua ansiedade? Que tal obedecer e olhar para as aves do céu que são diariamente alimentadas por Deus ou para as belas e perfeitas vestes que Ele dá às flores? Será que para Deus, a sua vida não é mais importante que a de um pardal ou a de uma flor passageira?


Quando o Senhor Jesus nos mandou olhar para os lírios do campo, o que você acha que Ele queria nos ensinar?


Eu creio que esse exercício esteja relacionado ao fato de termos a forte tendência de nos preocuparmos com tantas coisas, como o que vamos vestir, o que comer, onde vamos morar, onde vamos trabalhar, etc. Então, o Senhor Jesus usou uma didática simples para acabar com a preocupação, que traz para a nossa vida ansiedade.


Ao usar o exemplo do lírio, o nosso SENHOR mostrou que, enquanto estamos inquietos com coisas terrenas, Ele é capaz de vestir uma simples flor com a roupa mais linda do mundo. Uma criação tão sensacional que é incapaz de ser copiada por qualquer estilista famoso.


A ordem de olhar para os lírios, é um apelo a termos confiança que Deus pode e quer prover tudo que precisamos, inclusive, cuidar dos detalhes aparentemente insignificantes da nossa vida. E pasmem, o Senhor Jesus disse que nem mesmo Salomão com toda a riqueza e glória, conseguiu vestir-se tão bem quanto os lírios.


Provavelmente, Salomão tinha um vasto e requintado guarda-roupa. Porém, um pequeno lírio com uma única veste, o superava em beleza.


Isso mesmo que nós lemos: o grande rei Salomão perdeu feio para uma flor nascida espontaneamente no campo. Diante disso, existe alguma preocupação que tem tirado o seu sono? Tendo esse Deus extraordinário, é legítima a sua ansiedade?


Que tal obedecer e olhar para as aves do céu que são diariamente alimentadas por Deus ou para as belas e perfeitas vestes que Ele dá às flores?


Será que para Deus, a sua vida não é mais importante que a de um pardal ou a de uma flor passageira?