A CORAGEM E O TALENTO

Porque Deus não nos tem dado espírito de covardia, mas de poder, amor e moderação. 2Tm 1.7

Por Presbítero Marcos Vieira da Silva 14/11/2019 - 21:03 hs

  Qualquer covarde  pode dizer que adora a Deus,  mas é preciso ter coragem para segui - lo.  Portanto todos os que servem ao Senhor pode ser considerados corajosos. O apóstolo Paulo ensinou que os crentes não receberam o espírito de covardia, mas de poder, amor e moderação. ( 2Tm1.7). A coragem é uma das primeiras qualidades humanas.  O corajoso é aquele que teme O que se deve temer e não teme o que não se deve temer. -- É difícil compreender, às vezes, por que Deus complica tanto as coisas. Na qualidade de povo CHAMADO e  ESCOLHIDO por Deus, todos receberam coragem da visão de seu envolvimento em crises e aflições. 

É PRECISO sempre ACREDITAR que ele CUMPRIRÁ o que PROMETEU a seu modo,  e a seu tempo. ---  APESAR  de TODO  TALENTO e FORÇA que o  CRISTÃO POSSA TER  é preciso ENTENDER que tudo provém do Senhor ( 2Cr 29.14). Por isso é necessário usar todos os TALENTOS para a GLÓRIA de Deus. Para que, quando todos se colocaram diante de Deus no final da vida,  esperar não ter guardado nenhum talento e dizer: " SENHOR usei tudo o que me deste para Tua glória". ( verso e prosa) "A  CORAGEM não significa viver sem medo, mas viver acima do medo, através da fé em Deus". ( Donald N.Bastian). ---  Deus deseja que todos participem com atividades honrosas,  usando seus talentos mais variados no desempenho de sua obra. 

Coloque-os à disposição do Senhor e não pense pequeno, mais desperte a CORAGEM que está adormecida em você, e seja o veículo pela qual,  as mais extraordinárias bençãos de Deus alcance sua família, sua igreja e todas as pessoas à sua volta!!! 

 Prof. Marcos Vieira da Silva -- Psicopedagoga UMESP